Bem-vindo! Já há algum tempo senti de aprender mais sobre as abelhas, como se manifestam, como constroem o que necessitam, como se organizam. Então, este é um espaço para aprender e compatilhar, através da busca de informações e do desenvolvimento da própria observação. Outros temas: harmonia, natureza, plantas, cura, terapias e outras afinidades.

sábado, 20 de março de 2010

Organização Social das Abelhas

(pesquisa sobre a abelha Apis mellifera, conhecida como abelha doméstica ou abelha de mel)
A rainha tem uma duração de vida de 3 a 5 anos: é fecundada por machos no seu vôo nupcial. Esta propriedade de ser fecundada por vários machos tem importantes consequências para a organização interna da colônia.

A rainha tem duas funções principais:

- Por sua postura, ela assegura a perenidade da colônia.
- Por seu cheiro, ela assegura a coesão.

Na sua postura, a rainha inspeciona a célula antes de botar. Se é uma célula de operária , os espermatozóides saem da espermateca para fecundar o óvulo que dará uma fêmea: seja uma rainha ou uma operária.

Se for uma célula de macho, o ovo não receberá espermatozóides, não será fecundado e dará um macho.

Os machos nascem na primavera e no verão, não vivem muito tempo.

As operárias têm durabilidade de vida muito diferente conforme são abelhas da primavera/verão cuja durabilidade de vida é de algumas semanas, ao passo que as abelhas do inverno, que são de uma constituição muito diferente, têm uma durabilidade de vida de vários meses.

Na colônia, existem operárias que são "super irmãs", porque nasceram do mesmo pai, elas possuem 75% de genes em comum, as outras irmãs nascidas de pais diferentes têm somente 25% de genes em comum, o que implica em comportamentos geneticamente diferentes no seio da mesma colônia.

As operárias cumprem todas as tarefas da colônia, exceto a postura que é reservada à rainha.

A divisão do trabalho é feita em função da idade das operárias e do seu desenvolvimento biológico.

Todavia descobertas recentes demonstram que as operárias poderiam se especializar mais particularmente numa função da sua fraternidade.

- A primeira tarefa de uma abelha nascente é de limpar as células ao redor da zona de onde emergiu;
- Os cinco primeiros dias de sua vida a abelha é LIMPADORA;
- Os cinco dias seguintes ela é uma NUTRIZ;
- Para tornar-se em seguida uma ARMAZENADORA;
- Pelo vigésimo dia, quando sua glândula de veneno está bem desenvolvida, ela será eventualmente GUARDIÃ;
- O restante da sua vida ela será CAMPEIRA.

Ao contrário das idéias concebidas, algumas abelhas passam muito tempo em repouso, seriam as abelhas "em reserva de disponibilidade" para intervir rapidamente, seja em defesa, seja em colheita.

Fonte: site www.apacame.org.br, partes do artigo da revista Mensagem Doce nº 79, em tradução feita pelo Sr. João Sobenko referente matéria publicada na revista L'Abeille de France et l'apiculteur, n. 862 palestra de M. Gerard ARNOLD.



imagem: ciencia.hsw.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário